Concurso público?

Uma das frase que eu mais ouço atualmente – e que também costuma me dar bastante raiva – é a seguinte: “meu sonho é passar em um concurso público”. Eu explico. Acho que a grande maioria das pessoas que tem esse “sonho” o tem não por causa de alguma vocação intrínseca a carreira pública, mas sim porque almejam ganhar um salário alto sem fazer quase nada, e com a segurança de que jamais será demitido a não ser que cometa algo muito grave. Isso, meus amigos, simplesmente não pode ser admitido.

A existência dessas pessoas é a extra razão pela qual vivemos em um país pobre. Um país onde se costuma demonizar a iniciativa privada, ao mesmo tempo em que milhares de jovens adultos, no auge de sua capacidade produtiva, sonham em passar em um “concurso público”, não pode realmente gerar muitas riquezas.

O grande problema é que, não importa o que aconteça, ou o quanto o governo acabe com o país, o pensamento geral é de que o problemas é apenas um mau governo, que deve ser substituído por outro bom. A maioria das pessoas não consegue compreender que o problema não é um governo ruim, mas simplesmente o governo em si. Quem efetivamente gera as riquezas do país e faz o mesmo crescer e progredir é a iniciativa privada. Enquanto esta ideia básica não for compreendida em sua totalidade a sociedade continuar nutrindo o sonho utópico do governo ideal que irá resolver todos os nossos problemas, o país nunca irá crescer de fato e deixar de ser um país de terceiro mundo.

É por isso que ouvir que alguém tem como sonho passar em um concurso público e passar a integrar toda essa máquina burocrática e ineficiente chamada Estado me irrita tanto. Ao invés de pensar em ser criativo e fazer o país progredir, o indivíduo pensa apenas em ganhar um bom salário e coçar o saco pelo resto da vida. Analisando essa situação, realmente não é muito difícil entender o porque de vivermos em um país tão atrasado sob todos os pontos de vista.

 

nicolasdias